Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Venda de carros novos cresce 5,1%

As vendas de veículos novos na primeira quinzena aumentaram 5,1% em relação ao mesmo período do mês passado, mas foram apenas 0,8% melhores que as de abril de 2010. Foram licenciadas até sexta-feira 159 mil unidades, incluindo caminhões e ônibus, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Cleide Silva, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2011 | 00h00

As montadoras esperam encerrar o mês com cerca de 300 mil unidades vendidas. Se confirmado, será o melhor abril da história, embora o resultado fique abaixo do de março, quando foram vendidos 306,1 mil veículos.

Dados do mercado, com base nos registros do Renavam, mostram que, no ano, as vendas somam até agora 984,2 mil unidades, 4% mais em relação ao mesmo período de 2010.

Nos primeiros 15 dias deste mês foram licenciados 149,6 mil automóveis e comerciais leves, 5% mais que em março e 0,24% acima de abril do ano passado. No acumulado, o segmento soma vendas de 927,3 mil unidades, alta de 3,6% se comparado ao mesmo intervalo de 2010.

O Fiat Uno voltou a liderar as vendas de automóveis, com 12,2 mil unidades vendidas até sexta-feira, ante 11,3 mil do Volkswagen Gol. Em fevereiro, pela primeira vez o compacto da Fiat vendeu mais em um mês do que o Gol, líder de mercado há mais de 20 anos.

A Volkswagen também está atrás da General Motors nas vendas da quinzena, com 26,7 mil unidades ante 29,4 mil da concorrente. A liderança segue com a Fiat, que vendeu 33,3 mil carros e comerciais leves.

No acumulado do ano, até o dia 15, a Fiat também lidera, com 22,1% das vendas de automóveis e comerciais leves, seguida pela Volkswagen, com 20,9%, e pela GM, com 18,6%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.