bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Venda de cimento cresce e preço dispara no País

A venda de cimento no mercado interno já superou neste ano as expectativas dos fabricantes, provocou disparada dos preços e falta do produto em algumas regiões do País, como a Centro-Oeste. De janeiro a setembro, o consumo doméstico do produto atingiu 32,8 milhões de toneladas, 8,7% a mais em relação a igual período do ano passado, segundo estatísticas do Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (Snic). "A nossa projeção inicial de ampliar em 5% os volumes este ano já foi ultrapassada", afirmou o secretário executivo da entidade, José Otávio Carvalho.Só em agosto, por exemplo, a indústria vendeu 4,2 milhões de toneladas no mercado doméstico, um recorde para o setor em um único mês. "Esse ritmo foi mantido em setembro e neste mês", observou Carvalho. Ele atribui esse crescimento à forte expansão da construção civil imobiliária no País.De acordo com o secretário do Snic, as providências para ampliar a produção já foram tomadas. "Providenciamos o religamento de fornos, a reabertura de fábricas fechadas e a aceleração dos projetos de investimento", diz Carvalho. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.