Venda de combustíveis cai 15,9% em janeiro

As vendas de combustíveis pelas distribuidoras registrou queda de 15,9% em janeiro em relação a dezembro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Segundo a ANP, o País consumiu 6,97 bilhões de litros de combustíveis em janeiro que, embora inferior a dezembro, supera em 3,98% os 6,708 bilhões de litros computados em janeiro do ano passado. A maior queda em janeiro foi no consumo de gasolina C (misturada ao álcool anidro), com recuo de 21,35% em relação a dezembro, totalizando 1,917 bilhão de litros. Em relação a janeiro de 2005, porém, as vendas de gasolina aumentaram 4,08%. Naquele mês as vendas desse combustível pelas distribuidoras totalizaram 1,842 bilhão de litros.IndustriaisA queda foi uma constante também para os combustíveis industriais. O óleo diesel registrou queda de 3,38% em relação a dezembro e o óleo combustível de 10,49%. Em relação a janeiro de 2005, porém, houve aumento de 3,38% para o óleo diesel, enquanto no caso do óleo combustível há queda de 13,52%. Esse tipo de combustível tem sido substituído pelo gás natural em grande número de indústriais.GLPNo caso do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o consumo de janeiro somou o equivalente a 894 milhões de litros, com queda de 11,86% em relação a dezembro e aumento de 1,40% em relação a janeiro de 2005. A querosene de aviação registrou aumento de 2,4% no consumo em relação a dezembro, somando 398 milhões de litros, e de 12,87% no intervalo de 12 meses, o que mostra que o setor de aviação vive momentos de grande expansão. O querosene iluminante, que tem participação residual no total, registrou consumo de 4,349 milhões de litros em janeiro, com aumento de 12,18% em relação a janeiro e queda de 27,88% sobre janeiro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.