Venda de imóveis usados sobe 7,6% em abril nos EUA

As vendas de imóveis residenciais usados subiram 7,6% em abril, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 5,77 milhões de unidades, informou hoje a Associação dos Corretores de Imóveis. Em março, foram vendidas 5,36 milhões de unidades. Originalmente, as vendas de março haviam sido estimadas em 5,35 milhões.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

24 de maio de 2010 | 11h23

Economistas esperavam alta de 4,7% nas vendas de imóveis usados em abril, para 5,60 milhões de unidades. Em comparação a abril do ano passado, as vendas de imóveis usados subiram 22,8%. Os estoques de imóveis para a venda cresceram e os preços dos imóveis caíram.

Dois incentivos fiscais foram concedidos pelo governo aos compradores do primeiro imóvel há 15 meses. Ambos expiraram, o segundo deles ao fim de abril, provocando temores de que o mercado imobiliário sentiria o efeito do fim do incentivo. A ansiedade cresceu na semana passada, quando o Departamento do Comércio divulgou que, embora os gastos com construções tivessem crescido em abril, as permissões para futuras construções caíram fortemente.

Os estoques de imóveis usados subiram 11,5% ao fim de abril, para 4,04 milhões. Esse volume é capaz de abastecer a atual demanda durante 8,4 meses, acima dos 8,1 meses registrados em março. O preço médio das residências usadas era de US$ 173 mil em abril, 4% acima do registrado em abril do ano passado. Em março, o preço médio das residências era de US$ 169,6 mil. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
vendasimóveisusadosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.