Venda de implemento rodoviário cai 9,35% no 1º semestre

As vendas de implementos rodoviários no País no primeiro semestre recuaram 9,35% na comparação com os seis primeiros meses de 2011. Foram emplacadas 82.466 unidades de janeiro a junho, ante o recorde de 90.972 registrado em igual período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

WLADIMIR D'ANDRADE, Agencia Estado

20 de julho de 2012 | 13h30

No semestre, houve recuo tanto nas vendas do segmento pesado, formado por reboques e semirreboques, quanto no segmento leve, de carrocerias sobre chassis. No primeiro grupo, a queda foi de 13,32% na comparação com os seis primeiros meses de 2011, com apenas 3 de 15 tipos de implementos rodoviários apresentando alta na mesma base de comparação: carrega tudo (30,32%), dolly (1,82%) e silo (6,12%). A maior diminuição nas vendas foi observada entre os implementos para transporte de toras (-42,19%).

No segmento de carrocerias sobre chassis, apenas os implementos do tipo tanque apresentaram aumento (6,45%) no primeiro semestre ante igual período do ano passado. Os outros seis itens apresentaram recuo, com os implementos do tipo baú lonado liderando a queda (-40,55%).

As exportações de implementos rodoviários acumuladas entre janeiro e maio (último mês com dados divulgados pela Anfir) subiram 31,01% em comparação com igual período de 2011. Foram vendidas para outros países 2.349 unidades, bem acima das 1.793 registradas até maio do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
implementos rodoviáriosvendasemestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.