Venda de importados caiu 46,7% em janeiro

As vendas de veículos importados pelos filiados à Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva) caíram 46,7% em janeiro deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado. O setor comercializou 1.921 unidades, ante 3.605 veículos vendidos em janeiro de 2000. Em relação a dezembro passado, quando as vendas somaram 6.049 unidades, a queda foi ainda maior: de 68,2%, de acordo com a Abeiva. A associação atribuiu os resultados negativos à saída das marcas Peugeot, Citroën, Mitsubishi, Nissan e Mazda dos quadros da associação, que reduziu o número de empresas associadas à Abeiva de 19 para 14 importadoras oficiais. Com a saída dessas marcas, a participação da Abeiva no mercado interno de veículos também caiu, passando de 4,3% em 2000 para 1,4% em janeiro deste ano. A fatia das empresas da entidade no mercado de importados também caiu de 36,8% em dezembro de 2000 para 10,6% em janeiro de 2001. No ranking dos importadores pela Abeiva no mês passado, a Kia Motors do Brasil ficou com a primeira colocação, com 1.505 veículos; seguida pela Suzuki, com 194 unidades e pela BMW, com 116 carros. Por modelo, a Kia Besta vendeu 822 unidades; seguida pela Kia Sportage, com 518 carros e pelo Suzuki Gran Vitara, com 192 unidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.