Venda de materiais no país deve crescer 15,7% em 2010

Investimentos habitacionais e a ampliação da infraestrutura são os fatores em que se baseiam tais expectativas.

Chiara Quintão, Agência Estado

14 de dezembro de 2009 | 11h42

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) estima que as vendas internas do setor deverão crescer 15,7% em 2010. A expectativa é de recuperação em relação ao desempenho apresentado este ano, que de janeiro a outubro caiu 14,81% no acumulado das vendas domésticas. Também a produção da indústria de materiais teve queda de 9% de janeiro a outubro de 2009, em relação ao mesmo período do ano passado.

 

A expansão esperada para o Produto Interno Bruto (PIB) da construção em 2010 é de 8,8%, para toda a cadeia.

 

Conforme estudo realizado pela FGV Projetos a pedido da associação, até 2016 as vendas de materiais terão crescimento real de 77,7%. A Copa do Mundo de 2014, as Olimpíadas de 2016, os investimentos habitacionais e a ampliação da infraestrutura são os fatores em que se baseiam tais expectativas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.