Venda de veículos cresce 27,24% e bate recorde no semestre

Resultado é acompanhado de novo recorde histórico para junho, quando foram vendidas 439,624 mil unidades

André Magnabosco, da Agência Estado,

02 de julho de 2008 | 11h33

As vendas de veículos de janeiro a junho deste ano registraram novo recorde semestral. De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 2, pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o setor comercializou nos primeiros seis meses do ano 2.405.212 unidades, uma expansão de 27,24% em relação a igual período de 2007.   O resultado foi acompanhado pelo novo recorde histórico para o mês de junho, quando foram vendidos 439,624 mil unidades, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários. O resultado é 31,05% superior ao registro em igual mês do ano passado e 5,4% maior que as vendas de maio.   No segmento de automóveis e comerciais leves, o setor também registrou recorde. Em junho as vendas somaram 242,880 mil unidades, um crescimento de 28,65% ante o mesmo mês do ano passado. Na comparação com maio, a alta foi de 5,62%. No acumulado semestral, a expansão foi de 30,16%, para 1.338.078 veículos.   Os veículos bicombustíveis responderam por 87,15% dos automóveis e veículos leves comercializados em junho. No semestre essa participação ficou em 82,91%.     Gol lidera as vendas   O modelo Gol, da Volkswagen, permaneceu na liderança de vendas em junho, com 24,473 mil unidades comercializadas, de acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Na segunda posição está o Fiat Palio, com 20,281 mil unidades vendidas em junho.   No semestre, foram vendidos 138,878 mil veículos do modelo Gol, que respondeu por 30,92% de participação no total de automóveis comercializados no período. O Fiat Palio somou 110.857 mil veículos vendidos de janeiro a junho, o que representa participação de 24,68%.

Mais conteúdo sobre:
Fenabraveveículos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.