Venda no varejo na zona do euro fica estável em outubro

As vendas no varejo da zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) ficaram estáveis em outubro ante setembro, depois que as vendas de produtos não-alimentícios compensaram a queda em vendas de alimentos, bebidas e tabaco, segundo dados da Eurostat. Em comparação a outubro do ano passado, porém, as vendas caíram 1,9%, no 17º mês consecutivo de declínio em base anual. Economistas esperavam que as vendas subissem 0,2% em outubro ante setembro e recuassem 2,7% em comparação anual.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

03 de dezembro de 2009 | 10h21

Os dados de setembro foram revisados para mostrar queda de 0,5% ante agosto e de 2,8% em base anual. Os dados originais apontavam declínio de 0,7% no mês e de 3,6% no ano. As vendas de alimentos, bebidas e tabaco caíram 0,3% em outubro ante setembro, com declínio de 1,6% em comparação anual. As vendas de produtos não-alimentícios, que inclui de têxteis a livros e itens médicos, subiram 0,3% no mês, mas caíram 1,3% em base anual. Na União Europeia (que, além da zona do euro, ainda conta com outros 11 países) como um todo, as vendas no varejo aumentaram 0,3% em outubro ante setembro e recuaram 0,9% ante outubro de 2008. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
varejovendaszona do euro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.