SERGIO CASTRO/ESTADÃO
SERGIO CASTRO/ESTADÃO

bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Venda total de veículos novos recua 27,5% em maio, segundo fontes

Segmento de pesados foi mais uma vez o que apresentou os piores números; emplacamento de caminhões em maio foi 52% pior do que no mesmo mês em 2014

Igor Gadelha, Agência Estado

01 de junho de 2015 | 14h52

SÃO PAULO - As vendas de veículos novos no Brasil em maio caíram 3% ante abril e tombaram 27,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com números apurados pelo Broadcast, serviço de informações da Agência Estado, com fontes do setor automotivo, com base nos dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). 

Com o resultado, os emplacamentos passaram a acumular queda de 20,9% nos cinco primeiros meses do ano em relação a igual período de 2014, retração maior do que a de 19,2% acumulada até abril deste ano, na mesma base de comparação. 

Nos 20 dias úteis de maio, foram vendidos 212,7 mil automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões em todo o País, menos do que os 219,3 mil licenciados nos 20 dias de vendas de abril e do que os 293,4 mil emplacados durante os 21 dias úteis de maio do ano passado. 

Segmentos. O segmento de pesados foi mais uma vez o que apresentou os piores números. Em maio, os emplacamentos de caminhões totalizaram cerca de 6 mil unidades, 3,3% a mais do que em abril, mas ainda 52% pior do que o total de unidades licenciadas no mesmo mês do ano passado. 

Já as vendas de ônibus em maio recuaram nas duas bases de comparação: 7,2% na comparação mensal e 38,9% frente um ano atrás. De acordo com dados do Renavam, no quinto mês de 2015 foram emplacados 1,4 mil ônibus em todo o Brasil.  

As vendas de automóveis, por sua vez, caíram em maio 3% em ante abril e 27,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado, ao totalizarem 148 mil unidades. Os licenciamentos de comerciais leves somaram 57,1 mil unidades, recuos de 3,4% em relação ao mês passado e de 24% ante maio de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
economiaveículosmontadorascrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.