Vendas a prazo no comércio paulista crescem 10,9%

As vendas a prazo do comércio paulista aumentaram 10,9% na primeira quinzena de agosto em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas à vista cresceram 3,6% no mesmo período. No ano, as vendas a prazo subiram 2,4% e as à vista caíram 4,4%. A Associação Comercial de São Paulo destaca que o ritmo de recuperação - motivada pela retomada do crescimento e pela reação da renda e do emprego - mantenha-se nos próximos meses.A entidade destaque que os números deste ano estão influenciados pela baixa base de comparação. Em relação à primeira quinzena de julho, as vendas financiadas caíram 5,8% e as à vista recuaram 1%, comportamento que está relacionado às baixas temperaturas do mês passado.Diante da falta de perspectiva de novas reduções na taxa básica de juros, a associação defende a diminuição progressiva dos juros bancários, redução dos compulsórios, menor tributação sobre o crédito e a aprovação, pelo Congresso, da legislação que permita a criação do Cadastro Positivo, no qual estariam os bons pagadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.