Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Vendas a prazo predominaram na Páscoa, aponta ACSP

O parcelamento foi a forma de pagamento mais utilizada nas compras de Páscoa deste ano. As vendas a prazo cresceram 5,4% na semana que antecedeu a data (4 e 11 de abril) frente ao mesmo período do ano passado, enquanto as vendas à vista recuaram 7,6%. Os dados são da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base nas consultas aos serviços de verificação de cheque e crédito da entidade.O presidente da ACSP, Guilherme Afif Domingos, comentou em comunicado que o crediário foi beneficiado pela ligeira redução dos juros, que motivou as promoções e alongamento de prazos por parte do varejo.Mas os resultados da Páscoa, segundo ele, ficaram abaixo do esperado e as expectativas do comércio agora se voltam para o Dia das Mães, segunda melhor data para o setor. No acumulado do mês de abril (de 1º a 11), as vendas à vista registram queda de 3,4% e as transações a prazo cresceram 6,6%.

Agencia Estado,

13 de abril de 2004 | 11h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.