Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Vendas à vista do comércio de SP recuam 10,7% em abril

As vendas do comércio da capital paulista recuaram na primeira quinzena de abril em relação ao mesmo período do ano passado. O feriado da Semana Santa influenciou os resultados, pois reduziu o número de dias úteis. Além disso, em 2003 a Páscoa não caiu na primeira quinzena. As vendas à vista caíram 10,7% e pelo crediário, recuaram 1,7%, de acordo com dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base nas consultas aos serviços de verificação de cheques e crédito da entidade. Na comparação com a primeira quinzena de março, as vendas recuaram 8,6% e 10,4% respectivamente. Na avaliação da entidade, o efeito da Semana Santa tende a ser neutralizado até o fechamento do mês. Levando em conta as médias diárias de consultas aos serviços, as variações não foram tão negativas: as vendas a prazo por este método subiram 6,5% e as vendas à vista recuaram 3,3%.As promoções e o alongamento de prazos feitos pelas redes varejistas explicam os melhores resultados do crediário, analisa a entidade. Por isso, o desempenho dos bens duráveis está sendo superior, em comparação com os não-duráveis.

Agencia Estado,

19 de abril de 2004 | 10h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.