Vendas da Peugeot Citroën crescem 16,9% na AL

As vendas da Peugeot Citroën na América Latina cresceram 16,9% em 2006, para 214 mil unidades, puxadas principalmente pelo Mercosul onde os emplacamentos totalizaram 159 mil unidades, com crescimento de 20,3% em relação ao ano anterior. No Brasil, as vendas do grupo atingiram 96 mil unidades no ano passado, com expansão de 19% sobre 2005, enquanto na Argentina foram emplacados 63 mil veículos, com aumento de 22%.Em nota, a empresa destaca que contribuíram para o bom desempenho no mercado brasileiro o lançamento de novos automóveis equipados com motores flexfuel (fabricados no País) e ao início das vendas de novos carros, como os Peugeot 206 Escapade e 307 Sedan e os Citroën C3 XTR e C4 VTR. A empresa obteve participação de 5,2% do mercado nacional.Outro destaque da empresa fora da Europa foram as vendas na China, onde o grupo registrou crescimento de 43,1% com 202 mil veículos comercializados. No Irã, o grupo registrou uma redução de 22,7% nas vendas de veículos em kits CKD, para 235 mil unidades em 2006.Na Europa, fora da região ocidental, as vendas do grupo PSA cresceram 15,3%, com um total de 181 mil veículos. Nos seis países da Europa Central (Polônia, Hungria, República Tcheca, Eslováquia, Croácia e Eslovênia) o mercado registrou uma alta de 1,7%, enquanto as vendas da PSA Peugeot Citroën cresceram 3,1% e alcançaram uma participação de 11,4%, com 101 mil veículos comercializados. Na Rússia, em um mercado com crescimento de 12,9%, o grupo vendeu 27 mil veículos, uma evolução de 68%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.