Vendas da Toyota cresceram pela primeira vez em 15 meses

Incentivos do governo para a compra de veículos colaboraram para o desempenho

Efe,

18 de novembro de 2009 | 04h46

As vendas globais da empresa japonesa Toyota, maior fabricante mundial de automóveis, cresceram 5% anualizado em outubro contabilizando 640 mil unidades, o primeiro aumento em quinze meses, segundo antecipa hoje a agência local Kyodo.

 

O impulso se deve aos incentivos governamentais para a compra de veículos no mundo todo, que no Japão foram especialmente favoráveis para a aquisição de carros ecológicos.

 

De fato, as vendas de veículos "verdes" no Japão como o híbrido Prius da Toyota, o carro mais vendido na primeira metade do ano, cresceram em outubro 15%. Segundo "Kyodo", as vendas da Toyota na China continuaram muito sólidas, após crescerem 40% em agosto e setembro frente aos mesmos meses do ano anterior, enquanto nos Estados Unidos mantiveram-se estáveis.

 

Um porta-voz do fabricante japonês, consultado pela Efe, indicou hoje que os números de vendas ainda não são oficiais e se conhecerão na próxima semana.

 

O jornal econômico Nikkei também divulgou hoje que as vendas globais da Toyota cresceram em outubro pela primeira vez em quinze meses e estima que esse aumento é de 4%, contabilizando 630 mil unidades.

 

A maior fabricante de veículos do mundo viu reduzidas em outubro de 2008 suas vendas globais em 12%, 606 mil unidades, devido à crise financeira que se recrudesceu após a queda de Lehman Brothers em meados do mês.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.