Vendas das varejistas caem em agosto nos EUA

Setor registra 12º mês seguido de queda; Khol's foi a única grande que anunciou alta

Danielle Chaves, da Agência Estado,

03 de setembro de 2009 | 11h16

As varejistas norte-americanas anunciaram mais um mês de declínio nas vendas em agosto no conceito mesmas lojas - unidades abertas há um ano ou mais. No entanto, algumas grandes lojas, como Target, Gap e Khol's, superaram as expectativas dos analistas.

 

Em todo o setor, as vendas caíram pelo 12º mês seguido, destacando os problemas que têm atingido as varejistas conforme o gasto dos consumidores continua diminuindo nos EUA. Mas, com estoques menores, as empresas esperam evitar as reduções de preços que marcaram o mesmo período do ano passado. De todo modo, a queda nas vendas foi menor do que a de julho.

 

Analistas esperavam que as redes de vestuário para adolescentes, especialmente a Abercrombie & Fitch, tivessem os piores desempenhos no setor. A Abercrombie liderou as quedas, com o declínio maior do que o esperado de 29% nas vendas em agosto. As lojas de departamento também continuaram com resultados ruins. A Macy's registrou queda de 8,1% nas vendas em agosto, enquanto a J.C. Penney teve 7,9% de declínio.

 

As lojas de preços baixos têm se mantido firmes durante a recessão, mas mesmo elas vêm sentindo pressão recentemente. A Costco Wholesale anunciou vendas estáveis nos EUA em agosto, excluindo gasolina, enquanto a concorrente BJ' Wholesale Club anunciou alta de 2,2%.

 

As lojas de vestuário TJX e Ross Stores, por outro lado, vêm registrando os melhores resultados ultimamente. As vendas da TJX cresceram 5% em agosto, enquanto as da Ross Stores aumentaram 6%. Os dois resultados ficaram acima das expectativas.

 

A Target também foi um dos destaques do mês, com queda de 2,9% nas vendas, menor do que o esperado. Outra loja que superou as expectativas foi a Gap, que teve queda de 3%. A Khol's, por sua vez, anunciou um inesperado aumento de 0,2% nas vendas no mês, em boa parte por causa da força dos departamentos de acessórios e de itens femininos.

 

A Wal-Mart parou de divulgar suas vendas mensais em maio. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
vendasvarejoEUAagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.