Vendas de carros de passeio aumentam 90,2% na China

As vendas de veículos de passeio na China aumentaram 90,2% em agosto, em comparação com igual mês do ano passado, e atingiram 858,3 mil unidades, informou hoje a Associação de Fabricantes de Automóveis do país (CAAM, na sigla em inglês). As vendas totais de veículos aumentaram 81,7% em agosto, ante igual mês de 2008, para 1,14 milhão de unidades.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

08 de setembro de 2009 | 10h48

No período de janeiro a agosto, as vendas de carros de passeio aumentaram 36,8% e chegaram a 6,23 milhões de unidades, segundo a CAAM. As vendas totais, por sua vez, subiram 29,2% em comparação com igual período do ano passado, para 8,33 milhões de unidades. As vendas no país têm sido estimuladas por políticas governamentais, em particular pela redução à metade de um imposto sobre a compra de automóveis com motores 1.6 ou abaixo disso.

Analistas dizem, no entanto, que as vendas podem cair quando o imposto voltar ao nível anterior, o que deve ocorrer ainda no fim de 2009. "Todos estão preocupados com o ano que vem", disse o analista do setor automotivo Zhang Xin, da Guotai Junan Securities. "Você não pode continuar dependendo da política do governo". A consultoria JD Power prevê que as vendas de carros de passeio cresçam apenas 2% em 2010, para 7,54 milhões de unidades. Para 2011, a previsão é de expansão de 10,2%, para 8,31 milhões de unidades. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.