Vendas de casas novas nos EUA sobem 1,3% em outubro

As vendas de novas moradias nos Estados Unidos subiram em outubro, e o estoque de casas no mercado caiu ao menor patamar desde abril do ano passado, mostrando alguma melhora no combalido setor imobiliário.

JASON LANGE, REUTERS

28 de novembro de 2011 | 14h32

O Departamento do Comércio informou nesta segunda-feira que as vendas de casas novas subiram 1,3 por cento, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 307 mil unidades, nível mais rápido em cinco meses, mas ainda abaixo das expectativas de analistas.

No atual ritmo de vendas, a oferta de novas casas no mercado duraria 6,3 meses.

O dado alimentou esperanças de que o mercado de moradias possa ao menos estar saindo do fundo do poço após o "boom" da década passada e o golpe no setor imobiliário.

"Esse parece ser o fundo do poço. O mercado está se estabilizando", disse o economista do Suntrust Bank Gregory Miller, em Atlanta.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUACASASATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.