Vendas de celular refletem crise e caem em dezembro

O mercado de telefonia celular, em crescimento constante nos últimos anos, começou a sentir os reflexos da crise financeira mundial. As vendas do mês de dezembro, que tradicionalmente estão entre as melhores do ano, tiveram uma queda de 23% em relação a dezembro de 2007.Segundo dados preliminares divulgados hoje pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no mês passado foram vendidos cerca de 3,6 milhões de novos telefones, contra 4,66 milhões em dezembro de 2007, que tinha sido o melhor desempenho da telefonia celular desde a sua implantação no País, em 1992. Dezembro ficou atrás também do mês de outubro de 2008, quando 4 milhões de novos celulares foram habilitados.O crescimento no ano, no entanto, continuou positivo, com 29,6 milhões de novos celulares, o que representou uma elevação de 24,5% em relação a 2007. Ao todo, o País tem 150,6 milhões de telefones móveis em operação.

GERUSA MARQUES, Agencia Estado

14 de janeiro de 2009 | 14h07

Tudo o que sabemos sobre:
celularesAnatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.