Vendas de imóveis usados caem 16,7% nos EUA

Taxa média para hipotecas de 30 anos era de 4,9% em dezembro, ante 4,9% em novembro, segundo Freddie Mac

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado

25 Janeiro 2010 | 13h43

As vendas de imóveis residenciais usados nos Estados Unidos encolheram 16,7% em dezembro, para a taxa anualizada de 5,45 milhões, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 25, pela Associação Nacional de Corretores de Imóveis do país (NAR, na sigla em inglês). Analistas esperavam queda de 11,6% nas vendas, para 5,78 milhões.

Em novembro, as vendas de imóveis residenciais usados cresceram 7,4%, em dado sem revisão. No ano de 2009, as vendas de imóveis residenciais usados subiram 4,9% em relação a 2008, para 5,16 milhões, em termos anualizados.

Segundo o economista Lawrence Yun, da NAR, "o mercado passa por um período de oscilações devido aos créditos fiscais" de até US$ 8 mil, oferecido aos norte-americanos que adquirirem sua primeira moradia.

 

"Provavelmente teremos um outro aumento na primavera (no hemisfério norte), na medida que os consumidores buscarem o benefício desses créditos". O benefício, que terminaria em novembro, foi ampliado e prorrogado até abril do ano que vem pelo Congresso dos EUA.

As taxas de hipotecas subiram em dezembro. A taxa média para hipotecas de 30 anos estava em 4,93% no mês passado, acima dos 4,88% de novembro, segundo dados da Freddie Mac. A NAR informou que o preço médio dos imóveis usados em dezembro foi de US$ 178.300, 1,5% maior que o valor de US$ 175.700 registrado em igual mês de 2008.

 

As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
vendasimóveisusadosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.