Vendas de imóveis usados nos EUA sobem 6,8% em março

Analistas previam alta de 3,8%; taxa anual de unidades comercializadas fica em 5,35 milhões

Danielle Chaves, da Agência Estado,

22 de abril de 2010 | 11h22

As vendas de imóveis residenciais usados nos EUA subiram 6,8% em março, para a taxa anual de 5,35 milhões, depois do número de fevereiro, revisado em baixa para a taxa anual de 5,01 milhões, segundo a Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês). Analistas ouvidos pela Dow Jones esperavam que as vendas crescessem 3,8%.

 

A quantidade de imóveis à venda em março subiu 1,5%, para 3,58 milhões, representando uma oferta suficiente para 8 meses. Esse número é menor do que a oferta para 8,5 meses registrada em fevereiro.

 

A porcentagem de compradores da primeira residência continua aumentando, antes de o programa de crédito fiscal do governo dos EUA expirar. Compradores de primeira residência adquiriram 44% de todas as casas vendidas em março, acima dos 42% observados em fevereiro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAimóveis usadosvendamarçoalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.