Vendas de moradias usadas nos EUA sobem em agosto, preços avançam

O ritmo de vendas de moradias usadas nos Estados Unidos subiu em agosto no ritmo mais rápido em mais de dois anos e o preço das casas subiu ante o ano anterior, sinais esperançosos de que a recuperação do mercado imobiliário está ganhando força.

Reuters

19 de setembro de 2012 | 11h53

A Associação Nacional de Corretores (NAR, na sigla em inglês) informou nesta quarta-feira que as vendas de moradias usadas subiu 7,8 por cento no mês passado para uma taxa anual de 4,82 milhões de unidades.

Esse foi o ritmo anual mais rápido desde maio de 2010 e ficou bem acima das expectativas de analistas de 4,55 milhões de unidades.

Em âmbito nacional, o preço médio para a revenda de uma moradia subiu para 187.400 dólares em agosto, alta de 9,5 por cento ante o ano anterior, uma vez que menos pessoas venderam suas casas.

O estoque de casas --aquelas que estão a venda no mercado --subiu 2,9 por cento durante o mês, para 2,47 milhões.

"A recuperação do mercado imobiliário está se tornando muito mais convincente", disse o economista da NAR Lawrence Yun.

A alta do preço é medida em relação a agosto de 2011, e desde então as vendas de moradias com problemas como dívida caíram para 22 por cento do total, ante 31 por cento. As vendas desses ativos problemáticos também recuaram em agosto deste ano na comparação com o mês anterior.

Enquanto a economia dos EUA parece estar perdendo força, o setor imobiliário tem ganhado vida e tornou-se um ponto de relativo brilho.

(Reportagem de Jason Lange)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAUSADAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.