Vendas de motocicletas cresceram 38,9% em janeiro

As vendas de motociclos no mercado interno cresceram 38,9% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano passado. De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes, Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas e Bicicletas (Abraciclo), foram comercializadas 53.439 unidades ante 38.472 em janeiro de 2000. Em relação a dezembro (47.514 unidades), o aumento foi de 12,5%.As exportações totalizaram 4.216 unidades em janeiro de 2001, um crescimento de 36,4% na comparação o mesmo mês do ano passado (3.091 motociclos). Em relação a dezembro (4.065 unidades exportadas), houve aumento de 3,71%.A produção totalizou 58.794 unidades em janeiro, um aumento de 33,9% em relação ao mesmo mês de 2000, quando foram fabricadas 43.909 unidades pelas indústrias instaladas no País. Na comparação com dezembro (48.194 unidades), a produção cresceu 21,9%.Para o presidente da Abraciclo, Roberto Iquejiri, o crescimento contínuo das vendas, produção e exportações do setor pode ser atribuído ao aumento dos investimentos em toda a cadeia produtiva que, em sua opinião, resultaram na "popularização" destes veículos. De 1993 a 2000, foram investidos aproximadamente US$ 250 mi.Novas metas - Iquejiri prevê para 2001 produção de 730 mil unidades, vendas internas de 660 mil motociclos e exportações de 70 mil unidades. Em 2000, a produção somou 634,9 mil unidades, enquanto as vendas internas totalizaram 574,1 mil motociclos e as exportações, 60,2 mil unidades.O objetivo do setor, segundo o executivo é duplicar a capacidade de produção e atender a um mercado potencial de 1 milhão de consumidores até o ano de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.