Vendas de níquel têm crescimento de 58,3%

As vendas de níquel da Vale somaram 57 mil de toneladas no segundo trimestre, volume que corresponde a um incremento de 58,3% na comparação com os 36 mil toneladas do segundo trimestre de 2010. Com essas vendas, a mineradora brasileira faturou US$ 1,461 bilhão, ante US$ 820 milhões registrados no mesmo período do ano passado. Mas, frente ao primeiro trimestre, o desempenho caiu 6,16%.

Mônica Ciarelli, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2011 | 00h00

A queda refletiu o preço médio mais baixo do níquel obtido no período, que ficou em US$ 25,5 mil por tonelada métrica, 4,9% inferior aos US$ 26,8 mil por tonelada métrica registrado no primeiro trimestre deste ano. As vendas de cobre, por sua vez, totalizaram 55 mil toneladas, volume 44,7% superior ao do segundo trimestre do ano passado e 3,7% maior do que o apurado no trimestre anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.