Vendas de supermercado caem 1,5% em fevereiro

O grupo que teve o maior impacto positivo sobre as vendas do comércio varejista em janeiro, o setor de Supermercados, apresentou recuo de 1,5% em suas vendas em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2005. Sobre janeiro deste ano, a queda foi de 4,31%. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o resultado já embute os descontos da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A Abras explicou que a diminuição na comparação com janeiro é normal para o período, porque fevereiro tem um número menor de dias úteis. Já a diminuição na comparação com o mesmo período do ano passado explicou-se pelo feriado de carnaval, quando um maior número de pessoas está fora de suas residências e, portanto, consome menos alimentos.Segundo divulgado nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as vendas do comércio varejista em janeiro tiveram alta de 2,35%, puxadas, principalmente, pelo setor supermercadista. O grupo vendeu 4,85% a mais na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Abras, no ano, as vendas estão em queda de 1,84% na comparação com o mesmo período de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.