Vendas de supermercado caem 4,83% no 1º trimestre

As vendas do setor supermercadista fecharam o primeiro trimestre de 2006 em queda de 4,83%, em termos reais, sobre o mesmo período do ano passado. A informação, divulgada nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), mostrou ainda que, no mesmo período, o faturamento nominal subiu 0,40%. Em relação a março do ano passado, houve queda de 10,1%, em termos reais, nas vendas do setor. Esta queda foi motivada principalmente pelo efeito calendário, pois a Páscoa no ano passado caiu em março, tornando a base de comparação forte. Naquele mês, as vendas do setor haviam subido 13,07%. Na comparação com fevereiro, porém, houve um acréscimo de 6,25%. Este avanço se deve ao maior número de dias úteis. Em termos nominais, as vendas recuaram 5,31% em março sobre o mesmo mês de 2005 e avançaram 6,71% sobre fevereiro deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.