Vendas de supermercados sobem 16,9% em abril

Índice registrou alta em relação ao mesmo mês do ano passado e em relação a março

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

28 de maio de 2009 | 11h52

As vendas reais dos supermercados subiram 16,9% em abril deste ano, em comparação com igual mês de 2008, segundo divulgou nesta quinta-feira, 28, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

 

Em relação a março deste ano, as vendas subiram 6,6%, enquanto que no acumulado do ano até abril o indicador aponta alta de 5,7%. Os números estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

As vendas de abril apresentaram uma alta acentuada na comparação com o mesmo mês de 2008 porque neste ano o período teve o feriado da Páscoa. No acumulado do ano, a entidade destaca a retomada de um faturamento em patamar mais alto, mesmo crescendo em um ritmo inferior ao do ano passado. Segundo a Abras, trata-se de um bom desempenho, levando-se em conta o cenário econômico mundial.

 

O valor da cesta de 35 produtos considerados de largo consumo subiu 0,4% em abril ante março, para R$ 258,78. Já em relação a abril de 2008, a alta foi de 8,6%. Os produtos da cesta que registraram as maiores altas foram batata (+18,75%), açúcar (5,12%) e leite longa vida (3,82%). Já as maiores quedas foram do feijão (-11,15%), cebola (-5,36%) e queijo mussarela (-3,80%).

 

A Abras divulgou também o índice de volume de vendas, que apresentou aumento de 0,7% no primeiro quadrimestre do ano. As maiores altas nesse caso foram de bebidas alcoólicas (5,9%), não alcoólicas (3,8%), perecíveis (2%) e material de limpeza (1,3%). As principais quedas ficaram com higiene, saúde e beleza (-2,9%), mercearia salgada (-1%) e mercearia doce (-0,7%).

Tudo o que sabemos sobre:
supermercadosvendasabas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.