Vendas de supermercados sobem 5,45% em fevereiro

As vendas reais dos supermercados registraram alta de 5,45% em fevereiro deste ano, ante igual mês de 2006, segundo números da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). De acordo com a entidade, o aumento é explicado principalmente pela recuperação dos preços de produtos alimentícios, assim como já havia sido observado em janeiro de 2007, quando o índice de vendas apurado registrou alta de 6,62% na comparação com o mesmo mês do ano passado.A Abras ressalta também a elevação do poder de compra do consumidor e a expansão do volume físico de vendas do setor como motivos para o crescimento no mês passado. Em relação a janeiro deste ano, no entanto, houve queda de 3,82%.Em valores nominais, sem descontar a inflação, as vendas do setor apresentaram incremento de 8,64% na comparação com fevereiro de 2006. Em relação a janeiro deste ano, houve recuo de 3,40%. No bimestre, as vendas nominais acumulam alta de 9,23%, já as reais sobem 6,05%.PáscoaO presidente da Abras, Sussumo Honda, estima que o faturamento do setor na Páscoa deste ano deverá crescer cerca de 7% em relação a 2006. A avaliação está baseada no aumento de 5% da produção de chocolates feita pela indústria e na expansão em torno de 10% de itens como bacalhau e azeite. Ele ressaltou também que a data da Páscoa de 2007 deverá favorecer o incremento dos negócios, já que será celebrada após o quinto dia útil de abril, coincidindo com o período de pagamento dos salários.O executivo acredita que o mês de março manterá o ritmo de crescimento apresentado pelo setor em fevereiro, de 5,45% na comparação com igual intervalo de 2006. A alta acumulada no primeiro bimestre, de 6,05%, dá sinais de que o faturamento dos supermercados em 2007 deverá apresentar evolução entre 3,5% e 4%, superando a previsão inicial, que era entre 3% e 4%. Matéria alterada às 14h12 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.