Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Vendas de unidades residenciais estão em alta

O período que antecedeu as eleições garantiu bons frutos ao setor. As vendas de unidades residenciais em setembro deram um salto em relação ao mês anterior, de acordo com pesquisa realizada pelo Sindicato da Habitação do Estado (Secovi-SP). O índice de velocidade de vendas (IVV), calculado conforme a quantidade de imóveis comercializados sobre total colocado à venda no período, ficou em 10% contra os 8,4% registrados em agosto. Desde o começo do ano o IVV médio é de 8,1%, enquanto no mesmo período de 2001 era de 7,9%. Em setembro foram comercializadas 1.433 unidades, total 23,43% maior que o de agosto, que ficou em 1.161 imóveis. De qualquer modo, o número de unidades vendidas no acumulado do ano, 10.855 imóveis, ainda é 1,4% menor que no ano passado. Segundo o presidente do Secovi-SP, Romeu Chap Chap, o mercado esperava melhores resultados em setembro, sobretudo pelo grande interesse da população em fazer reserva de capital, buscando a segurança dos imóveis, em um período de instabilidade. Justamente por isso, no período em questão, as unidades de alto padrão continuaram tendo destaque na velocidade de vendas. Em setembro, apartamentos de quatro dormitórios registraram IVV de 13,4%, seguidos pelos de três dormitórios, com índice de 10,2%. As unidades de dois e um dormitórios com IVV de 9,1% e 3,1% respectivamente. A pesquisa também revelou aumento de 73,5% no total de projetos aprovados de janeiro a agosto em São Paulo (20.164 unidades), sinalizando que antes do fim do ano haverá mais lançamentos.

Agencia Estado,

11 de novembro de 2002 | 15h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.