Vendas do comércio têm no 1o trimestre maior alta desde 2001

As vendas do comércio varejistabrasileiro cresceram 12 por cento no primeiro trimestre desteano, o melhor resultado trimestral da série histórica doInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),iniciada em 2001. O recorde anterior era do segundo trimestre de 2004, ano deforte expansão da economia do país. O IBGE informou ainda, nesta quinta-feira, que em março asvendas avançaram 1,8 por cento sobre fevereiro, com ajustesazonal, e 11,4 por cento ante igual mês de 2007. Economistas esperavam para março um aumento de 2,1 porcento mês a mês e uma alta de 10,8 por cento na comparaçãoanual. "Esses resultados expressam uma recuperação no ritmo devendas, após a queda no mês anterior (de 0,7 por cento mês amês)", disse o IBGE em nota. O crescimento do primeiro trimestre foi puxado pelossetores Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios,bebidas e fumo que evolui (alta de 8,9 por cento) e Móveis eeletrodomésticos (+17,3 por cento). Em março na comparação com fevereiro, houve expansão dasvendas em sete das dez atividades pesquisadas, com destaquepara Tecidos, vestuário e calçados (+6,1 por cento) eHipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas efumo (+3,3 por cento) --este último em razão da Páscoa. A receita nominal do comércio aumentou 2,3 por cento emmarço sobre fevereiro e 16 por cento ante igual mês de 2007,acumulando no ano salto de 16,6 por cento, também a melhorvariação trimestral da série. (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; edição de VanessaStelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.