Vendas do varejo cresceram 7,5% em 2010, diz IDV

Para o primeiro trimestre de 2011, a expectativa é de aumento de 9,2% sobre o mesmo trimestre de 2010 

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

28 de janeiro de 2011 | 18h35

As vendas reais, descontada a inflação, do varejo brasileiro cresceram 7,5% no ano passado em relação a 2009, segundo levantamento do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), que representa as principais redes do setor. Como comparação, em 2009 as vendas reais subiram 3,6% sobre 2008. Para o primeiro trimestre de 2011, a expectativa dos associados é pelo aumento de 9,2% sobre o mesmo trimestre de 2010.

Apenas no mês de dezembro, as vendas reais do comércio avançaram 9,5%. O segmento de bens não duráveis, como supermercados, hipermercados, farmácias, drogarias, perfumarias e alimentação fora do lar, apresentou alta de 13,2% em relação ao mesmo mês de 2009. Segundo o IDV, este segmento prevê altas, respectivamente, de 14,6% e 15% em janeiro e fevereiro sobre iguais meses de 2010.

O varejo de bens duráveis, como móveis, eletrodomésticos e material de construção, cresceu 9,2% em dezembro sobre o mesmo mês de 2009. Para janeiro e fevereiro, a expectativa dos associados deste segmento é pelo incremento de 10,2% e 12,9%, respectivamente, sobre iguais meses do ano passado.

O segmento de bens semiduráveis, composto pelos setores de calçados, vestuário, livrarias e artigos esportivos, cresceu 8,2% em dezembro na comparação com o mesmo mês de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
varejovendasIDV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.