Vendas do varejo devem crescer 10% este ano, diz ACSP

Crédito fácil e dados econômicos positivos impulsionam a expansão

Francisco Carlos de Assis, da Agência Estado,

24 de setembro de 2010 | 11h19

O economista-chefe da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Marcel Solimeo, disse nesta sexta-feira, 24, que as vendas do comércio varejista devem fechar esse ano com crescimento de 10% sobre o ano passado e poderão atingir taxa de expansão de 6% a 7% no próximo ano. De acordo com ele, a oferta de crédito fácil, taxa de emprego em elevação, aumento de salário e emprego e da confiança do consumidor têm permitido a expansão das vendas no varejo.

Sobre a inadimplência, ele disse que está sob controle porque a variável que provoca os atrasos nos pagamentos é justamente a falta de emprego, o que não ocorre no momento. A preocupação dele não é com o curto prazo, mas com o médio prazo. Se as vendas atingirem, realmente, crescimento de 6% a 7% no ano que vem, poderão bater na barreira da produção industrial e da infraestrutura, o que fará com que, em 2012, o comércio possa vir a registrar taxas menores de crescimento.

Tudo o que sabemos sobre:
varejovendasacspcrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.