finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Vendas do varejo nacional crescem 9,6% até outubro

O Indicador Serasa de Atividade do Comércio apontou que as vendas do comércio varejista nacional avançaram 9,6% nos primeiros dez meses do ano ante o mesmo período do ano passado. De acordo com os analistas da Serasa, o bom desempenho das vendas ocorreu, como desde o início do ano, devido aos prazos mais longos de financiamento, aos juros menores, à expansão do crédito, ao aumento do emprego formal, à queda da inadimplência e à elevação da massa salarial.O varejo especializado - como lojas de eletroeletrônicos, veículos e materiais de construção - puxou as vendas no período, com aumento de 12,1% em relação aos primeiros dez meses de 2006. As vendas dos hipermercados, supermercados e varejo de alimentos e bebidas cresceram 7,0%, na mesma base de comparação.Em outubro deste ano, as vendas acompanharam o mesmo ritmo observado no acumulado do ano e registraram crescimento de 9,9% ante o mesmo mês do ano passado. As vendas no segmento de hipermercados, supermercados e varejo de alimentos tiveram alta de 7,7% e, do varejo especializado, de 11,9%.Na comparação mensal (outubro ante setembro), as vendas do varejo cresceram 5,1%, com um avanço de 2,8% no varejo composto pelos hipermercados, supermercados e no varejo de alimentos e bebidas e de 7% no varejo especializado.

AMANDA VALERI, Agencia Estado

12 de novembro de 2007 | 16h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.