Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Vendas do varejo nos EUA sobem bem mais que o previsto

As vendas no varejo nos Estados Unidos cresceram 1,8% em março em comparação com fevereiro, muito acima da previsão média de economistas consultados pela Dow Jones, que era de crescimento de 0,7%. O dado referente a fevereiro foi revisado pelo Departamento de Comércio para cima, de uma estimativa inicial de crescimento de 0,7% para 1%. Em comparação com março do ano passado, as vendas aumentaram 8,2%. As vendas no varejo em março deste ano foram estimuladas por um aumento de 2,1% das vendas de automóveis. Excluindo automóveis, o crescimento das vendas no varejo foi de 1,7%. Os dados sugerem que os gastos do consumidor continuam altos, o que pode impulsionar o crescimento econômico geral. O relatório de vendas, o mais forte em um ano, apontou ganhos em quase todas as categorias. As vendas de lojas materiais de construção e de equipamentos de jardinagem saltaram 10,6%, e as de lojas de roupas, 1,9%. As vendas de lojas de móveis aumentaram 1,2% e as de postos de gasolina avançaram 0,8%. Houve queda, entretanto, das vendas das lojas de departamento e de produtos esportivos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.