Vendas dos supermercados sobem 9,88% em maio, diz Abras

No acumulado do ano, as vendas dos supermercados subiram 6,81% ante igual intervalo de 2011, segundo a Associação Brasileira de Supermercados

Vanessa Stecanella, da Agência Estado,

27 de junho de 2012 | 11h17

As vendas reais do setor supermercadista registraram alta de 9,88% em maio na comparação com igual mês de 2011, de acordo com o Índice Nacional de Vendas divulgado nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Na comparação com o mês de abril, o indicador apresentou queda de 2,77%.

No acumulado do ano, as vendas dos supermercados subiram 6,81% ante igual intervalo de 2011. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA, medido pelo IBGE. Em valores nominais, o índice de vendas da Abras apresentou crescimento de 15,42% em maio em relação ao mesmo mês de 2011 e queda de 2,37% ante abril deste ano. No acumulado do ano, o índice nominal acumula alta de 12,66% na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o presidente da Abras, Sussumu Honda, os índices estão dentro das projeções da Associação, com alta acumulada nas vendas. "Isso é reflexo da estabilidade do nível de emprego e da renda do brasileiro", avalia.

Segundo Honda, as vendas estão em ritmo positivo. "Em conversas informais alguns supermercadistas sinalizaram que as vendas estão indo muito bem neste mês", disse.

Diante da expectativa com os números referentes ao desempenho de junho, Sussumo Honda preferiu revisar a projeção de crescimento das vendas somente no próximo mês. "Vamos aguardar os dados consolidados de junho para projetar o índice de vendas ao final do ano já com os seis primeiros meses em mãos", afirmou o dirigente.

A Abras prevê uma expansão das vendas entre 3,5% e 4% neste ano em relação a 2011, entretanto, em função do comportamento do setor nos primeiros cinco meses, Sussumo já espera uma revisão do indicador para cima. "Vamos revisar no próximo mês e, provavelmente, para um patamar melhor", revelou o presidente da entidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Abrasvendasmaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.