Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Vendas em supermercados acumulam alta de 6,2% no ano

As vendas reais dos supermercados (descontada a inflação) tiveram aumento de 4,38% em outubro desse ano, na comparação com igual mês de 2006. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), houve alta de 0,92% sobre setembro desse ano. No acumulado de 2007, o faturamento do setor apresenta crescimento de 6,24%."O ano de 2007 apresenta bons índices de recuperação nas vendas de supermercados. A estabilização dos preços a partir de agosto, o aumento gradual da renda do brasileiro, a manutenção do dólar em patamares baixos e o aumento do emprego trouxeram o crescimento nas vendas", afirmou em comunicado o presidente da entidade, Sussumu Honda.De acordo com a Abras, o resultado de outubro foi influenciado pelo calendário, já que o mês contou com um dia a mais que setembro. Também teve influência positiva das vendas do Dia das Crianças. Em valores nominais (sem descontar a inflação), as vendas do setor em outubro apresentaram alta de 1,22% na comparação com setembro deste ano. Sobre outubro de 2006, o aumento foi de 8,68%. No acumulado, as vendas nominais cresceram 9,96%.

LORENA VIEIRA, Agencia Estado

27 de novembro de 2007 | 11h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.