Vendas industriais sobem 0,7% em novembro, emprego cai

As vendas da indústria brasileiracresceram pelo quinto mês consecutivo em novembro, mas oemprego no setor recuou após dois anos de expansão contínua. Para a Confederação Nacional da Indústria, que divulgou osdados nesta terça-feira, ainda é cedo para falar em acomodaçãodo emprego industrial. A avaliação é de que o cenário geralpara a indústria seguirá positivo pelo menos no primeirotrimestre deste ano. As vendas cresceram 0,7 por cento em novembro frente aoutubro, segundo dados ajustados sazonalmente. O emprego nosetor recuou 0,1 por cento e o uso da capacidade instaladasubiu discretamente --para 82,9 por cento, frente a 82,8 porcento em outubro. Segundo Paulo Mól, economista da CNI, os dados dos mesesseguintes confirmarão se o recuo no emprego em novembro marcouuma mudança de tendência ou foi apenas oscilação estatística. "Não dá para falar em acomodação do indicador ainda,precisamos esperar os próximos períodos", afirmou. Ele acrescentou que, com exceção do emprego, os dados comajuste de novembro foram afetados pelo Dia da ConsciênciaNegra, celebrado em 20 de novembro. É que muitos municípios, que até então não comemoravam adata com feriado, passaram a fazê-lo, como Manaus, o quecomprometeu as comparações com anos anteriores. Para efeitoestatístico, a data foi computada como dia útil por não setratar de um feriado nacional. INCERTEZAS A PARTIR DE ABRIL Para a CNI, os dados confirmam que a indústria "começa oano com embalo bastante positivo". A partir do segundo trimestre, Mól avalia que há váriospontos de incerteza sobre a economia doméstica. A principaldúvida, afirmou o economista, diz respeito ao comportamento dainflação, que tem sido pressionada pela alta nos preços dealimentos. Outra dúvida importante é com relação ao cenáriointernacional e à eventual confirmação de que a economia dosEstados Unidos estaria em recessão. "Viemos de um cenáriofabuloso, de muita previsibilidade, o quadro agora é outro",afirmou Mól a jornalistas. Os indicadores industriais da CNI são levantadosmensalmente em 12 Estados junto a grandes e médias empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.