Vendas na indústria do RJ crescem 9,4% em julho

Em julho, as vendas reais da indústria fluminense foram 9,4% superiores do que no mesmo mês de 2003, mas foram 5,4% menores do que em junho deste ano. Com o ajuste sazonal, a queda em relação a junho foi de 7,3%.De acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) esta queda é explicada "em grande parte" pela acomodação das vendas em setores que vinham tendo grandes aumentos. No acumulado de janeiro a julho, as vendas reais ficaram 11,3% maiores do que no mesmo período no ano passado.O emprego aumentou 0,1% em relação a junho. Foi o sexto aumento consecutivo na comparação com o mês anterior. Em relação a julho do ano passado, o emprego caiu 0,7%. A massa de salários caiu 1,9% em relação a junho. A utilização da capacidade instalada passou de 80,5% em junho para 80,2% em julho na série dessazonalizada.Segundo a Firjan, as expectativas são de que a indústria vá manter a tendência positiva pelos próximos meses, "que poderá perdurar a médio prazo, caso sejam levadas adiante as medidas para estimular investimento privado". As informações constam do Boletim de Indicadores Industriais da entidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.