Vendas no comércio de SP crescem em abril

As vendas no comércio varejista paulistano apresentaram pequeno crescimento em abril sobre o mesmo mês de 2005, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No período, as consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), que indica as negociações a prazo, aumentaram 1,2%, enquanto as consultas ao Usecheque, que indica as vendas à vista, cresceram 2,3%.Na avaliação da ACSP, os feriados prolongados da Semana Santa, Tiradentes e Dia do Trabalho prejudicaram o movimento do comércio no mês passado na capital paulista. Na ocasião, muitas pessoas aproveitaram as datas comemorativas para viajar.No primeiro quadrimestre de 2006, em relação ao mesmo período do ano passado, quando a comparação tem impacto menor dos feriados, as vendas a prazo tiveram elevação de 2,5% e as negociações à vista subiram 6%. No confronto entre abril e março de 2006, o comportamento foi negativo, com quedas de 11,8% e 7,3%, respectivamente.De acordo com a ACSP, o movimento de abril mostrou que a demanda ainda não apresentou crescimento acelerado. A associação destacou também que o aumento mais expressivo nas consultas ao Usecheque, na comparação anual, revelou que as vendas de bens de maior valor ainda "não deslancharam em 2006".InadimplênciaA inadimplência no comércio paulistano apresentou comportamento de alta em abril sobre o mesmo período de 2005. A quantidade de registros recebidos no SCPC cresceu 6,3% no mês passado. Em relação a março de 2006, porém, houve queda 10,1%.Na pesquisa de registros cancelados, na qual se verifica quando o consumidor retira seu nome da lista de inadimplentes, foram constatados aumento de 13,1% e queda de 4,2%, respectivamente, nos mesmos períodos de comparação, segundo apurou a ACSP.

Agencia Estado,

02 de maio de 2006 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.