Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Vendas no varejo alemão caem 0,4% em setembro

As vendas no varejo da Alemanha recuaram em setembro em relação ao mês imediatamente anterior, frustrando as previsões dos analistas. A queda foi verificada após agosto interromper uma série de dois meses consecutivos de recuo.

Agencia Estado

31 de outubro de 2013 | 09h53

As vendas no varejo caíram 0,4% em setembro ante agosto, segundo o escritório de estatísticas federais. A previsão indicava que as vendas aumentariam 0,3% no nono mês do ano. Os dados levam em consideração efeitos sazonais e a inflação.

No entanto, a tendência geral permanece ligeiramente positiva, economistas disseram, uma vez que as vendas acumuladas nos nove primeiros meses do ano ainda estão 0,2% acima do verificado no mesmo período do ano anterior.

Em comparação com setembro de 2012, as vendas também subiram 0,2%, impulsionadas por uma alta de 0,8% nas vendas de itens não alimentícios e apesar de uma grande queda nas vendas de alimentos, bebidas e tabaco.

Ainda é muito cedo para dizer que os números de vendas mais fracos do que o esperado indicam que o consumo privado total no terceiro trimestre deve ser mais fraco. As vendas no varejo correspondem a cerca de 25% do consumo privado na Alemanha. Além disso, os dados estão sujeitos à revisão. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhavarejovendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.