Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Vendas no varejo britânico sofrem maior queda desde maio de 2011

As vendas no varejo britânico sofreram em fevereiro sua maior queda mensal em nove meses em fevereiro e foram revisadas fortemente para baixo em janeiro, mostraram dados oficiais nesta quinta-feira, reduzindo as esperanças de uma retomada do consumo neste ano.

REUTERS

22 de março de 2012 | 07h55

O Escritório Nacional de Estatísticas disse que o volume de vendas no varejo caiu 0,8 por cento no mês para gerar um aumento anual de 1 por cento -ambos bem abaixo das previsões dos economistas.

A queda mensal foi puxada pelo maior declínio nas vendas da categoria "outras lojas" desde janeiro de 2010, com forte baixa nas vendas de artigos finos e antiguidades liderando o declínio.

O crescimento do volume de vendas de janeiro foi revisado para baixo, de 0,9 por cento no mês para 0,3 por cento.

(Reportagem de David Milliken e Olesya Dmitracova)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROVENDASVAREJOGRABRETANHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.