Vendas no varejo caem 0,3% no Reino Unido

As vendas no varejo do Reino Unido caíram 0,3% em novembro em relação a outubro, derrubadas pela queda recorde nas vendas em lojas de departamento e pela menor demanda por têxteis e calçados, informou hoje o Escritório Nacional de Estatísticas. Este foi o primeiro declínio mensal em seis meses.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

17 de dezembro de 2009 | 09h33

Em comparação a novembro de 2008, as vendas aumentaram 3,1%. Os dados de outubro foram revisados em alta, mostrando um aumento de 0,6% no mês e de 3,7% em base anual, o maior ganho nessa comparação em 17 meses.

O detalhamento dos números mostrou que, em novembro, as vendas em lojas de alimentos aumentaram 0,4% no mês e 1,7% em base anual, mas as vendas não-alimentícias caíram 0,9% no mês e subiram 3,1% na comparação anual. As vendas em lojas de departamento, que representam a maior parte da categoria de lojas não especializadas, despencaram 4,4% em novembro ante outubro, a maior queda desde o início da série histórica, em 1988. Em comparação anual, as vendas nessas lojas aumentaram 4,5%. As vendas de têxteis, roupas e calçados caíram 1,8% ante outubro, a maior queda desde maio, mas subiram 7,1% ante novembro do ano passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
vendasvarejoReinoUnido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.