coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Vendas no varejo crescem 9,5% de janeiro a setembro

Segundo o Serasa, expansão do crédito, queda da inadimplência e juros menores motivaram crescimento

Amanda Valeri, da Agência Estado,

22 de outubro de 2007 | 13h04

As vendas no comércio varejista cresceram 9,5% no acumulado de janeiro a setembro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, aponta o Indicador Serasa de Atividade do Comércio. Segundo os analistas da Serasa, a expansão do crédito, os prazos mais longos de financiamento, os juros menores, o aumento do emprego formal, a queda da inadimplência e a elevação da massa salarial são os principais fatores que contribuem para o crescimento do varejo no acumulado do ano.O varejo especializado - como lojas de eletroeletrônicos, veículos, materiais de construção - registrou aumento de 12,2% nas vendas nos primeiros nove meses do ano em relação ao mesmo período de 2006. Já as vendas dos hipermercados, supermercados e do varejo de alimentos e bebidas avançaram 6,9% na mesma base de comparação.Em relação a agosto deste ano, as vendas do varejo recuaram 3,1%. No varejo composto pelos hipermercados, supermercados e alimentos e bebidas, a baixa foi de apenas 0,1% e, no varejo especializado, de 5,7%.De acordo com o indicador da Serasa, a queda de 5,7% anotada na comparação mensal (setembro sobre agosto de 2007) no varejo total e no comércio especializado e a estabilidade das vendas no comércio alimentício ocorre por agosto ser uma base elevada para as vendas, devido ao maior número de dias úteis e ao Dia dos Pais.

Tudo o que sabemos sobre:
Serasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.