Vendas no varejo da China saltam em agosto puxadas pela inflação

As vendas no varejo da China avançaramem agosto no maior ritmo em mais de três anos, mas analistasafirmaram que o salto reflete a forte inflação. Em termos nominais, as vendas cresceram 17,1 por cento emrelação há um ano, ante 16,4 por cento em julho. A alta espelhou um aumento da inflação anual ao consumidor,para 6,5 por cento em agosto frente a 5,6 por cento em julho. "As vendas foram obviamente fortes. O problema é que osdados estão sendo puxados pela inflação também. Então, de fato,em termos reais, eu não acho que haja muita aceleração",afirmou Paul Cavey, economista da Macquarie Securities, em HongKong.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.