Vendas no varejo do Japão sobem pelo 8º mês seguido

As vendas no varejo do Japão subiram em março, pelo oitavo mês consecutivo, puxadas pelo aumento da demanda por novos modelos de carros e dos gastos dos consumidores com gasolina e outros combustíveis, que subiram de preço.As vendas no varejo subiram 1,1% no mês passado em comparação com o mesmo período de 2007, segundo dados do Ministério de Economia, Comércio e Indústria. Em fevereiro, as vendas subiram 3,2%, em termos anualizados.As vendas de energia, como a gasolina, óleo de calefação e óleo combustível, aumentaram 4% em março, totalizando 0,41 ponto porcentual das vendas no varejo, segundo o ministério.A segunda maior contribuição para a alta das vendas no varejo veio da comercialização de veículos, que cresceu 2,4%, puxada pela procura dos consumidores pelos mais recentes modelos, contribuindo com 0,36 ponto para o total das vendas. As vendas de alimentos e bebidas aumentaram 0,6%, enquanto que as dos produtos eletrônicos subiram 1,7%, em parte por causa do encanto dos consumidores pelas TVs de tela plana.Muitos vendedores disseram que as vendas de roupas e outros artigos pessoais caíram 0,3% em março. O declínio ocorreu em parte devido ao clima frio mais que o normal no início do mês.O ministério manteve suas estimativas, dizendo que "há sinais de recuperação" nas vendas no varejo do Japão.Os dados também mostram que as vendas nas lojas de departamentos e supermercados, que totalizaram 15% das vendas no varejo, aumentaram 0,2%, após um ajuste provocado pela mudança no número de lojas, disse o Ministério da Economia. A elevação marca o segundo mês consecutivo de alta para as vendas ajustadas dos varejistas de larga escala. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.