Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vendas no varejo dos EUA registram queda recorde

Em outubro, taxa caiu 2,8%; no acumulado do ano, 4,1%, automóveis e combustíveis puxaram os números para baixo; cresce temor de recessão

EFE, O Estadao de S.Paulo

15 de novembro de 2008 | 00h00

As vendas do varejo nos Estados Unidos sofreram queda recorde de 2,8% em outubro. Caíram as vendas de automóveis e de combustíveis, informou ontem o Departamento de Comércio. Em um ano, as vendas no varejo americano já caíram 4,1%, outro recorde.O dado aponta uma contração substancial da economia dos EUA no quarto trimestre: as vendas no varejo representam quase a metade da despesa dos consumidores e esta, por sua vez, é mais de dois terços da atividade econômica do país.No quarto mês consecutivo de retração, as concessionárias de carros venderam 5,5% a menos. Mesmo se forem excluídas as vendas de automóveis, as vendas no varejo continuam registrando queda, de 2,2%.A maioria dos analistas havia calculado uma contração de 2,3% no varejo, e de 1,7% excluídas as vendas de automóveis.Além disso, a baixa nos preços da gasolina representou quase a metade de diminuição nas vendas totais. O negócio nos postos caiu 12,7%.A queda no varejo em outubro sinaliza que o último trimestre de 2008 pode trazer uma contração econômica ainda maior que a de 0,3% do terceiro trimestre.Entre julho e setembro a despesa dos consumidores, teve sua maior redução em 28 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.