Vendas no varejo dos EUA sobem muito mais que esperado em maio

As vendas totais dos varejistasnorte-americanos subiram 1 por cento em maio após a restituiçãode impostos feita pelo governo aos consumidores, que ficaramcom mais dinheiro disponível para compras, informou umrelatório nesta quinta-feira. A alta reportada pelo Departamento de Comércio foi duasvezes maior do que a esperada por economistas de Wall Street.Excluindo a gasolina, as vendas ainda avançaram 0,8 por cento,maior aumento em 1 ano. Economistas esperavam uma melhora no mês porque uma grandeparcela da restituição federal de impostos, que é parte dopacote de estímulo econômico do governo, já foi distribuída. Excluindo carros, as vendas cresceram 1,2 por cento, maioraumento em seis meses e bem acima da alta de 0,7 por centoesperada por economistas. Excluindo automóveis, materiais de construção e gasolina,as vendas cresceram 0,8 por cento no mês. (Reportagem de Joanne Morrison)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.