Vendas no varejo paulista reduzem ritmo de queda

Pelo quinto mês consecutivo, as vendas do comércio da região metropolitana de São Paulo caíram 3,48% em setembro em relação ao mesmo mês do ano passado. Sobre agosto, a queda foi de 3,9%. No ano, a queda acumulada é de 0,25%. A perda de setembro é a menor dos últimos cinco meses.Para a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), os números do mês passado representam uma reversão da tendência, estimulada pelos cortes nos juros. Alguns setores já estariam sentindo melhora, como o das concessionárias de veículos, que em setembro elevaram as vendas em 17,4% em relação a agosto, embora na comparação com setembro de 2002 registre ainda redução de 6,27%.A maior queda de setembro ficou com as lojas de material de construção, que estão sentindo os efeitos da crise com certo atraso. A perda do faturamento foi de 27%, motivada basicamente pela base de comparação, pois em setembro de 2002 houve uma alta de 18,23%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.