Pixabay / ccipeggy
Pixabay / ccipeggy

Vendas no varejo recuaram 29% neste domingo ante período sem greve

Segundo levantamento do Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), comercialização de combustíveis também caiu

Dayanne Sousa, O Estado de S.Paulo

28 Maio 2018 | 16h03

As vendas no varejo brasileiro recuaram 29% no domingo, 27, na comparação com períodos equivalentes antes da paralisação dos caminhoneiros, conforme levantamento do Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA). No sábado, 26, o recuo foi de 21%.

Até sexta-feira, 25, o ICVA vinha registrando ainda algum crescimento nas vendas em supermercados, consequência da corrida de consumidores para fazerem estoque de alimentos. No fim de semana, no entanto, essa tendência já reverteu. Supermercados e hipermercados viram suas vendas recuarem em 14% no domingo e 1% no sábado.

++ Novo acordo de Temer com caminhoneiros terá edição de 3 MPs; veja medidas anunciadas

Em postos de combustível, as vendas também afundaram. No início da crise, na quarta e quinta-feira, dias 23 e 24, as vendas de combustíveis dobraram, com consumidores correndo aos postos com medo de desabastecimento. Já no final de semana, com o fim dos estoques, o setor caiu 54% no sábado e 60% no domingo.

Mais conteúdo sobre:
varejogreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.