Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Vendas nos supermercados crescem 1,1% em novembro

Aumento foi registrado em comparação ao mesmo mês do ano passado; em relação a outubro, as vendas do setor recuaram 5,22%, segundo a  Associação Brasileira de Supermercados

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2010 | 11h32

As vendas reais nos supermercados cresceram 1,1% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo informou a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em relação a outubro, as vendas do setor recuaram 5,22%. No acumulado de janeiro a novembro, as vendas dos supermercados subiram 4,33% ante igual intervalo de 2009. Os números estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo a Abras, as vendas reais nos supermercados deverão encerrar o ano com um crescimento próximo a 4,5%. "O faturamento do setor cresce ininterruptamente há três anos. Isso mostra que mais gente, principalmente das classes D e E, está entrando no mercado de consumo", afirmou a entidade, em comunicado à imprensa. Para 2011, a entidade afirma que as vendas deverão manter essa tendência.

O valor da cesta de 35 produtos considerados de largo consumo, como alimentos, limpeza e beleza, medido pela GfK, apresentou alta de 4,80% nos preços em novembro ante outubro, para R$ 300,47. Na comparação com novembro do ano passado, o indicador registrou alta de 14,85%.

Os produtos com as maiores altas em novembro na comparação com outubro foram batata (18,28%) carne bovina - traseiro (11,07%) e carne bovina - dianteiro (9,44%). Já os produtos com as maiores quedas no último mês foram cebola (-2,60%), feijão (-2,54%) e tomate (-2,53%).

Tudo o que sabemos sobre:
vendassupermercadosAbras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.